22 outubro 2014

Frank Killer: Felipeh x Lorena

 
Felipeh x Lorena

Maria, você é hilária! Sobres esses dois, desnecessários são os comentários! Oh dúvida cruel! A pergunta é: Quem deve ficar?
"Maria 21 de outubro de 2014 23:45 - Bahhhh que pergunta cruel...e que palhaçada foi aquela na prova???? Que gente incapaz peloamordedeussss"

A resposta é difícil porque em minha opinião e na de muitos fãs de RS nenhum dos dois merece voltar. A parada é dura sobre quem deve vazar! LOL. Talvez somente a produção e uns poucos gatos pingados desejariam a volta da Lorena como fazendeira, porque ela indicaria o Marlos ou a Helô. Mas Lorena não soube ou não foi capaz de aproveitar os dez segundos a mais que ganhou da produção.

Aquelas paradinhas na realização da prova do fazendeiro eram absolutamente desnecessárias e vê-se que eles não sabem utilizar cronômetros. A finalidade era poder interferir na prova caso fosse conveniente. Para a produção foi uma pena Lorena não ganhar, porque ficou mais difícil uma roça Marlos (ou Helô) x Robson e Marlos (ou Helô) x PPNN.

As possibilidades agora ficaram reduzidas a uma roça PPNN x Felipeh (ou Lorena) ou contra qualquer outro menos votado, porque Bruna quer se livrar de PPNN. Provavelmente quem ganhar a Prova da Chave vai ter a chance de indicar alguém, se o pessoal do twitter deixar ou se for uma decisão direta da produção. Eles ainda não perceberam que interferir nos rumos do Reality através de votações ou decisões diretas em formações de roças é altamente reprovável. Deveriam deixar essas decisões para provas isentas ou para o público e são mesmo estúpidos ao não fazerem isso!
Semana 05 (17/10 a 23/10)

Fazendeiro: Robson (Excluiu da Prova da Chave a representante da equipe Ovelha - Bruna).

Decisão da Produção 1: Fazendeiro Robson (Excluir uma equipe da Prova da Chave).

Decisão da Produção 2: Envelope Vermelho (Equipe vencedora da Chave, dormir fora da sede e cuidar dos animais).
Imunes: Robson (Fazendeiro), Helô e Babi (Envelope 1).
Voto de Minerva: Robson (Fazendeiro).
Vencedora da Prova da Chave: Brunninha (Imunizar 2 do celeiro, trocar indicado p/ "Resta Um" por outra pessoa).
Celeiro: Equipe Coelho, vencida na Prova da Chave.
Envelope Vermelho: Público aprovou o "castigo" da equipe Avestruz (58%).

Indicação do Fazendeiro Robson: Bruna.


Votação

Felipeh: 8 (Brunninha, Helô, Andréia, Pepê/Neném, DH, Babi, Marlos, Débora).

Pepê/Neném: 3 (Léo, Lorena, Felipeh).
Débora: 1 (Bruna).
DH: 1 (Cristina).


Resta Um
Felipe(O) salvou Léo(O).
Léo salvou Lorena(O).
Lorena salvou Cristina(O).
Cristina salvou DH(A).
DH salvou Andréia(A).
Andréia salvou Brunninha(A).
Brunninha salvou Marlos(A).
Marlos salvou Débora(C).
Sobrou Pepê/Neném(C).

Obs.: Pelo envelope 2, a vencedora da Chave, Brunninha(A), colocou Lorena(O) na roça em lugar de Pepê/Neném. 


Pré-roça: Bruna x Felipeh x Lorena.

Vencedora da Prova do Fazendeiro: Bruna.


Equipes:

(C)oelho: Robson, Débora, Helô, Babi e Pepê/Neném.
(O)velha: Léo, Lorena, Felipeh, Bruna e Cristina.
(A)vestruz: Marlos, DH, Andréia e Brunninha.

Histórico do Resta Um:

(Semana 01) Sobrou Roy(A) - Andréia(A) salvou DH(A).
(Semana 03) Sobrou Helô(C) - Marlos(A) salvou Babi(C).
(Semana 04) Sobrou Robson(C) - Débora(C) salvou Babi(C).
(Semana 05) Sobrou Pepê/Neném(C) - Marlos(A) salvou Débora(C).

Votos de:

Bruna: Oscar(01), Pepê/Neném(02), Felipeh(03), DH(04), Débora(05).
Felipeh: Oscar(01), Pepê/Neném(02,05), Lorena(03), DH(04).
Lorena: Oscar(01), Pepê/Neném(02,05), Felipeh(03), DH(04).


Votos em:

Bruna: Oscar(02), Robson(F05).

Felipeh: Robson(02), Marlos(03,05), Bruna(03), Helô(03,05), Cristina(03), DH(03,05), Léo(03), Babi(03,05), Lorena(03), Andréia(03,05), Pepê/Neném(03,05), Brunninha(03,05), Débora(03,05).

Lorena: Roy(03-Canc), Felipeh(03).

Bruna:
Léo, Felipeh, Lorena, Brunninha, Marlos, Babi, DH, Andréia, Cristina, Débora, Robson, Helô, Pepê/Neném.

Felipeh:
Léo, Bruna, Lorena, Robson, Babi, Andréia, Débora, Cristina, DH, Brunninha, Marlos, Pepê/Neném, Helô.

Lorena:
Bruna, Léo, Felipeh, Robson, DH, Cristina, Brunninha, Andréia, Babi, Débora, Marlos, Pepê/Neném, Helô.

"fatima, Email em 21 de outubro de 2014 20:49.
    Oi! FRANK
             Tudo bem com você? Espero que sim.
               A fazenda perdeu totalmente sua naturalidade um cenário lindo, tem tudo para ser  um grande sucesso, mas infelizmente muito manipulado pela direção, apesar das celebridades desconhecidas. Os próprios participantes já perceberam que será como a direção  deseja. Ficou bem claro isso na roça dessa segunda feira. O jogo precisava mudar para não acabar de uma só vez com os aprendizes  de vilões. O que você acha? Beijos
    Fátima"


Oi Fátima. Na roça Marlos x Roy, protegendo o grupo Ovelha, o objetivo da produção era eliminar o Roy ou fazer uma roça Robson x Marlos. Como a audiência chiou com os seus procedimentos, decidiram eliminar um dos Ovelhas, porque a audiência ficou descontente e caiu. Na próxima, a vitima será provavelmente o grupo Coelho. Já começaram a fazer isso com a atividade de hoje, 21 (chapéus de bichos), onde atiçaram a rivalidade entre Helô e Robson pela liderança do grupo. As roças que a produção deseja são essa e entre Babi e Helô ou entre Helô e DH.

Isso já vinha sendo preparado num conluio formal ou informal entre a produção e o Robson, onde este pretendia colocar o Léo na roça para ser fazendeiro. Tanto é assim, que o Léo passou a semana inteira estudando o manual do fazendeiro. Como o Robson recuou diante da pressão de seu grupo, tornou-se persona non grata para a produção, estragando os planos traçados. Gostaria de autorização para publicar seu email e a minha resposta para você. Um abraço

"ronaldo perez 15 de outubro de 2014 18:45,  22:42
Roy não bate bem da cachola por isso vai sair, toda hora se contra diz e ainda blasfema usando nome de Deus, mentiu e ainda usou nome de Deus, coisa muito feia. Além de quem toda hora usa religião, pra fazer baixaria é o maior blasfemador e ele e a Boeiro.
...tem varias maneiras, de implementar discórdias."


Estão ambos (Roy e Lorena) perdidos no que diz respeito a jogar em RS. Nunca vi "estratégias" mais idiotas em RS nenhum. Felipeh também é zero nessa matéria e pensa que está ali para ser artista, ou criar um estilo próprio ou copiado, de atuação em TV.

Acho que não é necessário "implementar discórdias", Ronaldo. Isso seria interferência e maquiavelismo. A própria briga pelo prêmio já é mais do que suficiente para "implementar" barracos e discórdias automaticamente. Diretor que faz isso diretamente (provocar, insuflar ou induzir discórdias) é burro e incompetente.

"Giuliana Rangel 21 de outubro de 2014 23:57
Difícil, heim... mas a Lorena pode vazar lindamente... bruxa, cobra, recalcada!!! E ainda tem gente que gosta dela. Já o Felipeh vai qualquer hora pra roça por nunca ganhar prova nenhuma."


Felipeh é um bom coringa em roças para salvar nossos heróis! LOL. Helô ficaria sem seu "saco de pancadas" preferido, se ele vazar! LOL.

A produção parece já estar conformada que uma edição sem vilões pelo menos manteria a graça com as tiradas pitorescas, alfinetadas agudas e comentários dilacerantes da Helô "Quebra Mansão". Agora ela poderá ser chamada de Helô "Quebra Medalhas" por colocar o Robson em seu devido lugar. Para sorte do Robson, a atividade em que ela o desancou não foi em rede nacional. LOL. Definitivamente ela não é uma socialite, come eles falam no site. Esse tratamento é até pejorativo vindo deles. Helô é muito mais povão do que muitos suburbanos por aí, e essa é uma das razões de seu sucesso.

Equipe Ovelha perderá seu segundo elemento. Equipe Coelho ficará com seis pessoas e cinco votos e será daqui para a frente alvo da produção, com o fim de equilibrar as forças, porque sem número igual de participantes não poderá haver provas justas com a participação de todos. Além da Pepê, alguém mais da equipe teria que ficar de fora das provas.

Robson falou para o Marlos que foi assediado para indicar a Helô quando ficou sozinho na sede sem sua equipe (confinada no celeiro). Só pode ter sido pela Lorena, porque ficou conversando longamente com ela sobre votação na Casa da Árvore, certa noite, quando inclusive sugeriu que o grupo Ovelha da Lorena, com 4 votos (na verdade 5), poderia votar na Helô. Foi engraçado ele admitir que a Líder da equipe Coelho agora é a Helô. Isso explicaria porque estaria recalcado e irado contra ela.



Porque Lorena Bueri merece ficar em "A Fazenda"

Lorena Bueri cresceu em um meio em que a única forma de ascensão possível era ser bonita. Disse que o pai já trabalhou como motoboy e a mãe é, até hoje, camelô. Num apelo subliminar, a família entregou para ela uma miniatura de perua kombi para fazer com que ela se lembre da sua origem - não é possível concordarem com tudo o que ela faz e acreditarem que esta participante está abafando.


Nesse meio machista em que Lorena cresceu, ser linda era uma alternativa para subir na vida. E, se fosse tão "barraqueira" quanto costuma apregoar - e já escutei isso de gente que disse conhecê-la pessoalmente que o que ela mostra no confinamento é uma personagem - não teria chegado tão longe na vida. Lorena já posou nua para a revista "Sexy" e é participante de um reality, o que, por menos que isso possa ser considerado por alguns, é algo inatingível para tantas outras pessoas que sonham com isso. Gente com o comportamento de Lorena, dentro e fora de um confinamento, não teriam recebido a oportunidade de chegar a lugar nenhum. Se ela sair nesta roça, amargará o quarto lugar, o que não é muita coisa mas, ainda assim, é muito - seja pelo comportamento da participante apresentado até aqui, seja por todo o contexto do que falei até agora neste texto. 


Lorena, no seu meio, antes da fama, tinha como concorrentes as "gostosas comuns" do dia a dia, aquelas meio gordas, com suas calças justas e bumbuns arrebitados que são vistas por aí a cada olhar desavisado. Mulheres que, assim como Lorena, recebem como elogios os olhares mais maliciosos, as frases mais sacanas e se sentem ainda mais "gostosas". Mas quando, elevada ao nível de sub-celebridade, que também não é muita coisa, mas é muito, Lorena se depara com mulheres bonitas de verdade - não as do tipo comum como ela, a normal entre as feias que acaba se destacando por ser mais "bem feitinha". 

É quando ela dá de cara com mulheres realmente bonitas, como Débora Lyra, de longe a mulher mais atraente desta edição, e também com a beleza inocente e despretensiosa de Babi Rossi. A partir daí, ela se sente ameaçada, porque deixou de ser linda para se tornar uma mulher comum. E passa a odiar participantes que podem se tornar sérias ameaças ao mesmo objetivo que ela tem: ser a "musa" do programa. 


O problema é que tanto Débora quanto Babi não se restringem a isso. Babi é a caixinha de surpresas mais agradável na casa, porque vinha de uma imagem de mulherão e se mostrou uma menina ingênua, repleta de fragilidades, qualidades e alguns defeitos. Talvez o primeiro objetivo dela, já que a possibilidade de ganhar os dois milhões é muito remota, seja se desvincilhar da imagem de sensualidade. O pior defeito de Babi é querer ser amiga de todos e ouvir pessoas que podem prejudicá-la dentro do confinamento. Mas estas falhas, talvez, sejam pelo excesso de humanidade de alguém que já se sentiu incompreendida, já que foi "panicat" e já posou nua e, a partir disso, taxada como uma superpantera do sexo. Babi ouviu Felipeh Campos no momento em que ele estava mais "queimado", logo após a votação quando declarou o seu preconceito contra Pepê e Neném, e vem conversando com Lorena, quando todos sabem que a "panicat" é alvo da índia.

Débora também tem diferenciais. É articulada e tanto cavou a história de casal que conseguiu. Tentou primeiro com Léo, depois partiu para Marlos - Lorena, maldosa, insinuou que até com Oscar Maroni a miss queria ficar. Não chega a tanto, mas nítido é que ambos, Marlos e Débora, viram, um no outro, a possibilidade de seguir um script. Não foi à toa que ele vestiu a fantasia de príncipe, numa das festas promovidas pelo programa - se foi esperto, e é, porque se afastou do grupo "Ovelha" em tempo de o público esquecer as vilanias que cometeu no início do programa, ele pode ter percebido a dica subliminar "seja o príncipe desta edição, faça casal". Marlos, como bom observador, viu que havia duas únicas opções para desempenhar este roteiro: Babi e Débora. Mas ainda havia Diego Cristo que, de alguma maneira, acabava impedindo alguma aproximação amorosa de Marlos, pois captaneava para si até as amizades, sem que nada dela sobrasse.


Quando Diego saiu, Marlos, que já havia se aproximado de Sorvetão, ficou mais disponível. Debora queria, desde o início, um parceiro de jogo e, convenhamos, encarna muito bem o papel de princesa. Gosto dos dois, mas não como casal, porque soa fake demais os beijos, os sorrisos, as declarações de amor, os olhares apaixonados, as flores entregues à mão da amada quando ele voltou da roça... É tudo plástico, e ensaiado demais, para ser verdade. Aliás, pegou muito mal, na roça anterior, ele ter salvo a Sorvetão, mesmo que tudo já estivesse combinado - fosse a Bárbara Evans, na edição anterior, tacava o "foda-se" ao grupo e teria salvado o namoradinho Matheus Verdelho. 


Outro ponto de observação é que Debora e Marlos, como casal, pode sintetizar a maldade de Felipeh Campos. Em um dos comentários venenosos sobre o romance dos dois, o ex-dublê do "Qual É a Música" soltou o seguinte comentário: "Boi preto conhece boi preto", reflitam o que ele quis dizer. Verdade ou mentira, fazer uma insinuação dessas sobre um rapaz que vive da imagem de galã é de um mau-caratismo sem tamanho. Lorena, que disputa a berlinda com Felipeh, disse que o problema do jornalista é que ele vê tudo com maldade e enxerga os outros como se todos fossem assim. 

Gosto da Lorena quando ela não é a personagem horrorosa que está interpretando. Em algumas conversas no ao vivo, durante a transmissão do R7 (quando não está fora do ar ou nos "melhores momentos" - uma vez apareceu isso na primeira semana e eu pensei: "mas já?"), ela apresenta muita lucidez em seu discurso. Lê o jogo como ninguém, pena que não sabe jogá-lo para si mesma.


O problema é que quando ela pinta a cara para fazer tempestade em copo d'água e distorcer o que Heloisa Faissol disse sobre a cultura africana, ou quando força uma briga diante das câmeras e fica mexendo o cabelo, ela se torna patética. Lorena é capaz de prejudicar quem quer que seja dentro do jogo, mesmo sabendo que está errada, para aparecer. Ela não tinha nada que desmascarar Marlos a respeito das declarações anteriores dele sobre um relacionamento fora do jogo, ela não tem nada com isso. Assim como não entendi porque Robson Caetano abriu o seu voto para o grupo, e com que direito TODOS os participantes, inclusive os do grupo que não eram o dele, viraram a cara para ele, se o voto era DELE e Robson poderia ter votado em quem quisesse. Lorena vê em Felipeh a maldade. Neste caso, um alienígena reconhece, mesmo, o outro.

MasterChef - 6ª eliminação: Lucio




A enquete do Votalhada apontava Lúcio
como 9º colocado entre os 11 participantes restantes.